segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Conheça o Residencial Delta do Parnaíba em Tutóia-MA e realize o sonho da casa própria num condomínio fechado e com segurança!

Para morar ou investir o Residencial Delta do Parnaíba em Tutóia é sua melhor opção!

O seu sonho da casa própria em um condomínio fechado na cidade de Tutóia-MA, virou realidade com a São Paulo Empreendimento. 


Residencial Delta do Parnaíba!

Empresário que estava desaparecido é encontrado morto no Maranhão



Corpo foi encontrado na tarde do último sábado (18) na BR-010 região de Cidelândia.

Oempresário Douglas Silva, da cidade de Açailândia, foi encontrado morto na BR-010 na tarde do último sábado (18). O corpo foi deixado na estrada da cidade de Cidelândia, a 619 km de São Luís, em uma plantação de eucalipto.
O empresário estava desaparecido desde a última quinta-feira (16). Ele saiu de casa dirigindo o veículo Gol, de cor branca, e o mesmo ainda não foi localizado.
Desesperada, a família fez apelos nas redes sociais, com compartilhamento de fotos e telefones, em busca de informações sobre o paradeiro de Douglas.
A polícia já tem pistas sobre os possíveis mandantes do crime. Família e amigos teriam informado à polícia que o empresário estaria recebendo ameaças de morte.
Via Central de Noticias 

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

É Festa, É tradição Católica, É Festejo de São Paulo Apóstolo da Comunidade Paxicá em Tutóia-MA. Confira a Programação!!!

De 15 a 25 de Janeiro. Veja a programação completa: 


As celebrações são realizadas na Igreja de São Paulo Apostolo, localizada na Avenida Principal, Bairro Paxicá.

Participe!!! 



Presos suspeitos de estuprar e matar mulher a pauladas no Maranhão



Dois homens suspeitos foram presos em Vitória do Mearim e confessaram o crime em depoimento. Vítima que sofria de problemas mentais foi encontrada morta no domingo (12).

Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu na última quarta-feira (15) duas pessoas suspeitas de participar da morte de Fernanda Corrêa Pereira, de 25 anos, que foi estuprada e morta a pauladas no povoado Marajá, no município de Vitória do Mearim, localizado a 178 km de São Luís. O caso foi registrado no último domingo (12).

Após a prisão, os dois suspeitos de 18 e 19 anos, confessaram o crime à polícia. Em depoimento, eles contaram que estavam saindo de um ambiente da festa quando viram Fernanda Corrêa e tentaram tirar proveito dela. Eles afirmam que cometeram o crime por estarem sob efeito de bebida alcoólica. A vítima sofria de problemas mentais.
Os suspeitos foram localizados no povoado Marajá, o mesmo onde o corpo da vítima foi encontrado, após uma ligação anônima. Eles foram presos temporariamente e vão responder pelos crimes de vulnerável e homicídio seguido de roubo.
Segundo a polícia, após saberem da prisão dos suspeitos, um tumulto chegou a ser registrado em frente a Delegacia de Vitória do Mearim, onde ambos estavam prestando em depoimento. Por conta disso, eles foram encaminhados para a Delegacia Regional de Viana. Mesmo com a confissão, a polícia não descarta a participação de outras pessoas no crime.
Fonte: Central de Noticias

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Reformulação do Bolsa Família inclui aumento de benefício e bônus


A reestruturação que o governo federal quer fazer no programa Bolsa Família prevê aumentar a renda de 10 milhões de beneficiários mais pobres que já estão no programa social e deve custar em torno de R$ 7 bilhões. Hoje, o programa usa como linha de corte para a concessão do benefício a situação financeira de cada família, classificada em extrema pobreza (rendimento de até R$ 89 per capita) e pobreza (até R$ 178 per capita).
 Cartão do Bolsa Família
Em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo" e ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o ministro da Cidadania, Osmar Terra, afirmou que essas faixas de enquadramento serão reajustadas para R$ 100 e R$ 200, respectivamente.

Como o valor do enquadramento corresponde também ao piso mínimo pago hoje pelo Bolsa Família, o governo afirma que as novas faixas vão representar na prática um aumento para as famílias em condições de maior miséria (além do piso, a renda final do programa depende de outros critérios, como número de filhos na família).

Atualmente, o Bolsa Família atende a 13,5 milhões de famílias e tem orçamento total de R$ 30 bilhões. "É um público que está na fronteira da miséria, da pobreza extrema", diz o ministro.
Segundo o governo, também está prevista a criação de um bônus para as famílias com filhos que passarem de ano e tiverem bom desempenho escolar, com nota superior a sete. O prêmio será dado no fim de cada ano. As famílias que tiverem jovens fazendo curso profissionalizante também serão beneficiadas.

Terra informou que o ministério está negociando com empresas a oferta de cursos gratuitos. O jovem vai ganhar um benefício enquanto estiver fazendo o curso.

Segundo ele, o Brasil tem hoje 4,6 milhões de jovens entre 18 a 29 anos que são "nem-nem" - como é chamada a população que nem trabalha nem estuda. "Temos de reduzir esse contingente. Nosso foco é esse jovem."

As famílias que têm um filho pequeno também vão ganhar mais. O programa já dá um benefício para a mãe com filho recém-nascido, de zero até os seis meses, mas a ideia é estender esse benefício. Questionado, o ministro não quis antecipar os valores exatos das bonificações e vantagens às famílias em extrema pobreza, mas afirma que será um valor considerável, capaz de estimular a família a ser "protagonista" das mudanças.

O custo da medida deve ficar em torno de R$ 4,5 bilhões. Além disso, para manter o pagamento de um 13.º salário em 2020, serão necessários outros R$ 2,5 bilhões. Segundo Terra, o governo procura espaço fiscal no Orçamento para bancar as mudanças.

O assunto está sendo discutido com a equipe econômica, que tem apontado restrição à ampliação maior de recursos pela falta de espaço no Orçamento. "Botaria R$ 20 bilhões, mas não podemos perder a responsabilidade com o ajuste fiscal. Temos de garantir que todo esse processo de sucesso na economia prossiga."

Alternativas
Uma das possíveis fontes de recursos é um aperto nas políticas de fiscalização dos próprios programas sociais.

Em 2019, o governo conseguiu poupar R$ 1,4 bilhão com o combate a fraudes no pagamento do Bolsa Família.

Um pente-fino na concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda, também está nos planos do governo e poderá ajudar a compensar a ampliação das despesas com o programa social. A transferência de receitas do petróleo também poderá ser outra fonte de receita para bancar a reestruturação.
Segundo Terra, o governo também quer garantir que o beneficiário mantenha o Bolsa Família, por pelo menos dois anos, depois de encontrar um novo emprego, para fazer a transição de saída do programa.

Fonte: Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Veja as Ofertas da Semana do Armazém Paraíba

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

NOTA DE PESAR

Nota: É  com muito pesar que noticiamos o falecimento de Jota Erre irmão do nosso grande amigo Rodrigues da Ativa Contabilidade.

Nossos Sinceros Sentimentos a Toda Família. Que a Lacuna deixada possa ser preenchida pelo o amor de nosso Pai Eterno.

Vá em Paz Guerreiro.

Colaboradores

Arquivo do blog