sábado, 11 de julho de 2015

Lideranças políticas e sociedade civil organizada de treze municípios reúnem-se em Barreirinhas para discutir o PPA do Maranhão

Em evento realizado na cidade de Barreirinhas na última sexta-feira (10) centenas de líderes políticos e representantes de Sindicatos, Conselhos e Associações participaram de uma ampla discussão, de onde saíram propostas que serão avaliadas pela Secretaria de Estado de Planejamento-SEPLAN em parceria com a Universidade Estadual do Maranhão e depois disponibilizadas em um sítio na internet para consulta e votação popular. 

O 14º Encontro Regional denominado pelo Governo do Maranhão de Escuta Territorial reuniu doze municípios além do anfitrião, Barreirinhas, do Território Lençóis-Munim. Centenas de pessoas, além de secretários de Estado elaboraram 25 propostas que depois de votadas e escolhidas as principais pelos 217 municípios integrarão o Plano Plurianual -PPA- 2016-2019. Propostas estas que contemplaram os seguintes eixos temáticos: 

Eixo 1-Qualidade de vida: Saúde, saneamento, meio ambiente, esporte e lazer, habitação, infraestrutura e mobilidade urbana 
 Eixo 2– Desenvolvimento Socioeconômico: Trabalho, e renda, turismo, pecuária, pesca, e aquicultura, indústria e comércio. 
Eixo 3– Desenvolvimento Humano: Educação, Ciência e Tecnologia e Cultura. 
Eixo 4– Defesa Social: Segurança, Sistema Penitenciário e Turismo.
Eixo 4- Direitos Humanos: Assistência Social e participação popular.

Ao final do encontro o governador do Maranhão Flavio Dino participou de uma grande roda de conversas com  representantes de cada município, que na oportunidade reclamaram e cobraram ações do governo nas mais diversas áreas.
Dino respondeu a cada questionamento (e não foram poucos) e disse que aqueles casos mais urgentes terão prioridade para serem resolvidos nos próximos dias. Acrescentou ainda que tem dedicado pessoalmente todo o empenho necessário em apenas seis meses de governo para garantir saúde, educação e melhor qualidade de vida ao povo maranhense.

Além das propostas do PPA, outras três foram aprovadas e constarão do Orçamento de 2016, eleitas como prioridades para serem implementadas na região do Delta das Américas, Lençóis e Munim, são elas: Construção de Hospital Regional  de Alta Complexidade;  Fortalecimento do serviço de assistência técnica e extensão rural – Ater/Atepa; e, Construir, ampliar e reformar escolas de Ensino Médio nos municípios.

Merece destaque no encontro o município de Tutóia que através dos líderes populares como por exemplo, eu, Elivaldo Ramos, titular deste blog e tutoiense defensor das causas sociais solicitei do governador posicionaemntos sobre os dois convênios destinados a água potável de Tutóia, convênios estes recebido pelo atual prefeito e pela CAEMA e que está parado. Diante deste questionamento, Flavio Dino determinou que sua assessoria entrasse em contato com o presidente da CAEMA, imediatamente, e em 5 minutos a resposta veio da seguinte forma: " A Caixa Econômica fez uma fiscalização e chamou  a empresa e mandou fazer um novo estudo, no intuíto de sanar alguma irregularidade e/ou adequação. Portanto, CAEMA e a Caixa estão chamando a construtora para que retorne a obra". Elivaldo replicou: Será que passará mais 15 anos sem água? Governador respondeu: Lhe garanto que em menos de 15 meses você terá água. 
Flavio Dino disse ainda que conhece a história que ele mesmo definiu como "lendária água de Tutóia".

 Outro questionamento feito por Elivaldo Ramos foi o descaso com o Ensino Médio no setor transporte escolar. Objeto, inclusive de ação judicial. Tal decisão determinou que o município garantisse transporte e não está cumprindo. Dito isto, o governador falou que apenas 150 municípios do Maranhão fizeram o convênio e que não saberia dizer se Tutóia o fez. Mas, a Secretaria de Educação do Estado procurará o prefeito para tratar deste assunto. 

E, também, Flavio Dino determinou que a Superintendência Regional, na pessoa do Dr. Amilca,  resolvesse o problema diretamente sem passar pela prefeitura.  

Outro reclamante do transporte escolar foi o ex-vice prefeito de Tutóia Floriano Alves e o professor Didi do Arpoador. Dide entregou demandas documentadas às mãos da Secretária Adjunta de Educação a professora Ilma Fátima de Jesus.
Outra reclamação veio com veemência sobre a demora da entrega de títulos das terras, feita por Marcos da Seriema.  

Todos estes questionamentos foram respondidos pelo Governador de forma serena. O que o levou a tomar a decisão ali em público de vir em Tutóia dentro de 20 dias e realizar uma Audiência Pública com o povo tutoiense. Inclusive, pedindo a Chico Canavieira que coordenasse esse evento no município.

Participantes de Tutóia. Manuel da Emater, Chico Canvieira, Romildo do Hospital, Rodrigues ( Contador), Elivaldo Ramos ( Presidente do Sindicato dos servidores públicos), Floriano Alves, Pedro Costa ( Presidente do Sindicato Rural), Raimundo Sintraf ,Didi Arpoador, Chicão  ( Presidente da Federação das Colônias de Pescadores do MA), Jairo da Colônia Z-17 de Tutóia, Marcos Seriema, Professor João Evangelista / Porto de Areia, Gaum, Antônio Amaral, Ariston Caldas, Manuel da Emater, João da Mangueira, Maria José do Comum, entre muitos outros líderes.

Para efeito de informação, não havia um só representante do poder executivo de Tutóia e muito menos dos vereadores.

Merece reconheciemnto a sociedade civil tutoiense que, mesmo sem mandato, representa muito bem e cobra políticas públicas para seu povo.

 Coordenação Geral: SEPLAN, SEDIHPOP e GOVERNO DO MARANHÃODescrição: Descrição: http://wordpresslimpo.files.wordpress.com/2014/03/banner.gif

Veja as imagens do evento


Professor João Evangelista explicando para a Secretária Adjunta de Educação do caótico estado do Ensino Médio em Tutóia

Entregando um relatório do Ensino Médio de Tutóia para a Secretária Adjunta de Educação Ilma de Jesus 





Elivaldo Ramos com a barreirinhense Cynthia Mota, Secretária de Planejamento do Estado 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog