quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Cenas bárbaras: após assassinar jovem a tiros, homicida tem cabeça decapitada por populares em Tutóia

Cenas que remeteram populares no povoado Bom Gosto, zona rural de Tutóia, ao período Medieval onde os bárbaros exibiam como troféus a cabeça dos inimigos ao vencer uma batalha. Foi exatamente isso o que ocorreu na manhã de hoje (04) no povoado. 

Meliante "Negão - Melk"
  
O elemento conhecido como "Melk" ou "Negão", que segundo o Tenente Sergio Reis da Polícia Militar, foi o autor do disparo que atingiu Paulo Vitor nas costas. Paulo Vitor morreu no local e o acusado saiu correndo para uma matagal. Ainda de acordo com a PM o jovem morto estava tentando fugir de uma confusão generalizada que aconteceu na festa que acontecia em um bar às margens do Rio Bom Gosto. O homicídio aconteceu por volta das 6h da manhã do dia de hoje (04).


Jovem Paulo Vitor 

Ao tentar evadir do local, Melk ou Negão, estava acompanhado de um comparsa identificado como Chupa. 
Suspeito conhecido como "Chupa"


Populares aglomeraram em volta do corpo de Paulo Vitor 

Populares, segundo informações, conseguiram alcançar "Chupa" e "Melk". "Chupa" foi atingido com golpes de faca na altura do pescoço e "Melk" teve a cabeça degolada e exposta em uma cerca.

 
Cabeça de "Negão"

As Polícias Civil e Militar chegaram ao local entre as 6h e 8h da manhã. E uma ambulância levou o corpo do jovem Paulo Vitor para o hospital.

O Delegado de Polícia Civil, Rubem Sérgio esteve no local e vai instaurar um inquérito para investigar as mortes. 

Tenente Sergio Reis em entrevista ao blog 

Enquanto as polícias faziam investidas para encontrar outros suspeitos populares atearam fogo no corpo de "Melk".

O delegado Rubem Sérgio, informou a jornalistas que o meliante degolado, pertencia a uma quadrilha formada recentemente no município, responsáveis pelos últimos assaltos ocorridos (aos Correios, Comércio do senhor Pedro do Viveiro, Comercial Santo Antonio no bairro Paxicá, onde o proprietário foi baleado e Comercial Bandeirantes, assaltado na noite anterior a tragédia de Bom Gosto). O delegado destacou também que tudo que tiver ao alcance da Polícia para garantir a segurança dos cidadãos tutoienses, será feito diuturnamente. 
 
Delegado/ Foto: blog do Pimentel  

O corpo incinerado do meliante "Melk" será enterrado como indigente em um dos cemitérios do município, pois não há informações de familiares na região. Apenas sabe-se que ele é de origem da cidade de Vargem Grande.

O Bar onde aconteceu o início da tragédia, será interditado por tempo indeterminado, por realizar evento em horário inapropriado e sem licença, conforme explicou o delegado.

A Polícia Militar ao saber de uma nova festa que ocorreria na noite de hoje na localidade saiu agora pouca para lá para pedir a suspensão. 

Nossos sentimentos aos familiares da vítima. 

O suspeito conhecido como "Chupa" foi preso agora por volta das 19h no povoado e levado ao hospital para procedimentos, veja a imagem. Prisão efetuada pela Polícia Militar e vai ser encaminhado para a Delegacia de acordo com o Tenente. 



A brutalidade dos dois assassinatos, segundo alguns, só ocorreu porque não há gestão da segurança pública em Tutóia por parte do governo municipal. E para outros, o problema é do governo do Estado do Maranhão, do Governo Flávio Dino, através da Secretaria de Segurança Pública que para a Regional de Chapadinha foram enviados 65 policiais, mas 87 se aposentaram. Ou seja, a SEJAP abandonou a região, especialmente, a nossa Tutóia.

E mais, já foi dito em reuniões que as polícias fizeram com o poder público e sociedade civil que em Tutóia falta policiamento e até combustível e reparos para as viaturas. O resultado é esse: um caos de segurança instalado no município. Para cá vem bandidos de várias regiões do estado por perceber essa fragilidade. 


Texto: Elivaldo Ramos
Imagens: Elivaldo Ramos e da Internet 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog