quarta-feira, 11 de abril de 2018

Como interpretar a Prisão do Lula?

Por Geraldo Forte

Como interpretar a Prisão do Lula?  Como pré-candidato a Presidente do Brasil NO PSDB( POIS TRAMITA NA 25 VARA DE BRASÍLIA  A AÇÃO QUE PROMOVO PARA GARANTIR AS PRÉVIAS PRESIDENCIAIS JUSTAS NO PSDB) e como Advogado e estudioso do Direito, vejo que os Erros no caso do Julgamento do Lula são bizarros. É de conhecimento PÚBLICO  que um Ex-presidente foi Chefe Maior das Forças Armadas. 

Sabe-se que um Ex-Presidente teve acesso a SEGREDOS de Estado os quais somente serão acessíveis para toda a sociedade após mais de 50 anos. Sabe-se que um Ex-Presidente ao SAIR do cargo, continua a possuir Tratamento de segurança Federal e Proventos que LHE darão apoio até a morte, justamente em respeito ao conhecimento adquirido na função, não há como comparar um cidadão de outra função com um o qual exerceu a Presidência DA República. 

Essa Experiência o inclui no roll de CONSELHEIROS DA REPUBLICA, os quais passam a ser MINISTROS DE FATO. Ora, Quando uma pessoa passa a integrar o corpo Militar de um País, a sua vida não LHE PERTENCE mais, passa a pertencer ao ESTADO,  quiçá a experiência de um Ex-Presidente da República!  Tudo isso vincula com que um Ex-Presidente,  QUE POR SER CONSELHEIRO DA REPUBLICA E MINISTRO DE FATO (POR CONSEQUÊNCIA) só possa ser submetido em caso de julgamento aos Juízes da Suprema Corte. No caso, no Brasil, Ao STF. Sendo um erro grosseiro ter sido um Ex-Presidente julgado por um Juiz de Primeiro Grau que não possui a Competência para Julgar um Ex-Presidente da República. 

A prisão do Lula é um erro processual Grave, Esse processo nunca deveria ter iniciado no Primeiro Grau, no que se refere ao LULA. A prisão dele é nula, não possui eficácia alguma e, qualquer mínima reflexão sobre o tema aposto não nos deixam dúvidas sobre erro grosseiro.  

O Brasil acaba de assistir LETRADOS JURIDICOS cometendo absurdos jurídicos acatando essa prisão. 

Muitos Juristas e Ministros precisam voltar aos bancos da Faculdade. 


Brasília -DF, 08 DE ABRIL DE 2018.


GERALDO FORTE DO BRASIL 


Advogado e Pré candidato a presidente do Brasil no PSDB


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog