segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Bandidos explodem as três agências bancárias e fazem de Tutóia um cenário de filme de Bang-Bang

No post de hoje não farei matéria jornalística, farei um comentário sobre a atuação dos governos na Segurança Pública de Tutóia.

Há anos inúmeras entidades civis organizadas, Conselhos e outros segmentos têm alertado para o caos que se vive na Segurança Pública em Tutóia. Os apelos são feitos aos governos municipal e estadual, mas, inertes permaneceram até aqui. 

Penso não ser surpresa para ninguém que podíamos ser surpreendidos a qualquer momento com a cena de terror que atônitos assistimos na madrugada de ontem (06.10.2019): um assalto simultâneo às três agências bancárias da cidade (Banco do Brasil, Bradesco e Banco do Nordeste).  

Pasmem! Um ataque simultâneo a três instituições bancárias. Aliás, não podia ser surpresa, haja vista, já tivemos um outro assalto com proporções parecidas em 10 de abril de 2015, reveja aqui.  

Naquele ano já falávamos do policiamento reduzido, da necessidade de um Batalhão ou de um Comando instalado na região ou mesmo aqui na nossa cidade, uma vez que somos o município com maior população e de grande movimentação bancária, do comércio e rota turística (Rota das Emoções).

Já reclamávamos a presença efetiva do estado, mas fizeram ouvido de mercador. 

Há quatro tínhamos três policiais por plantão, nos dias de hoje houve redução desse efetivo para dois policiais Militares (A Polícia Ostensiva). Descaso?!

Na contramão da redução do efetivo policial houve aumento da população. Aliás, diga-se de passagem, não temos apenas 60 mil habitantes, mas mais de 80 mil pois somos Tutóia e Paulino Neves juntos sob a mesma jurisdição policial e a mesma Comarca. E, oportunamente, também já pedimos providências no sentido de se instalar aqui um Batalhão e a criação de uma outra Vara da Justiça, mas, absurdamente, não fomos ouvidos. 

O assalto de ontem não abalou somente a estrutura, especialmente, dos moradores das ruas em que os bancos ficam, mas deverá impactar significativamente a economia local, ficará desabastecida. Teremos o prejuízo aqueles que necessitarão deslocar-se para outros municípios para fazerem operações bancárias lhes trazendo dessa forma gastos desnecessários. 

O assalto de ontem exige atuação urgente e enérgica de Sua Excelência o governador do Maranhão, Flavio Dino através da Secretaria de Segurança Pública que tem o competente Secretário Jeferson Portela. Este horrendo evento também deixa a necessidade de o governo local se mexer nesse sentido. 

Temos protocolos importantes na Secretaria de Segurança Pública feitos pelo Conselho Pacto Pela Paz e temos um diálogo encaminhado com o empresariado local no sentido de fazermos parcerias público-privada, dada a urgência.




Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Nenhuma descrição de foto disponível.


Oportunamente o empresariado local se reinventa para Tutóia não parar, mas precisamos da ação pública também neste sentido. 



A população externou o medo vivido. 





Os bandidos sabem da nossa fragilidade e se apropriam "para tocar o terrror" 
Veja o vídeo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog