segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Somente este mês de dezembro a PEDAL TUTÓIA está com uma super promoção pra você presentear quem você ama!

A São Paulo Empreendimentos deseja que o seu Natal seja repleto de boas lembranças, daquelas que ficarão guardadas em sua memória para sempre. Feliz Natal!

Natal sensacional da Landry Moveis de Tutóia

No Egito, Maisa posa em barco e brinca: ‘Cleópatra do século 21’



Maisa curtiu um passeio de barco pelo Mar Vermelho e aproveitou para registrar alguns cliques e compartilhar uma curiosidade.

Maisa Silva está aproveitando cada segundo de suas férias de final de ano. Depois de um passeio luxuoso por Dubai, a apresentadora seguiu destino para o Egito, um dos seus maiores sonhos de viagem.
Nesta quinta-feira (19), Maisa curtiu um passeio de barco pelo Mar Vermelho e aproveitou para registrar alguns cliques e compartilhar uma curiosidade.
“Deixando uma curiosidade junto com essa foto: sabiam que Maisa é um nome comum no Egito? Pois é. Fiquei sabendo ontem kkkk achei chic, bem egípciazona, bem Cleópatra do século 21”, brincou.
A foto recebeu comentários carinhosos de Sophia Abrahão, Thalita Rebouças e MC Soffia, além de vários elogios dos fãs. “Espalhando beleza no Egito, 0 defeitos”, disse um. “Divindade”, definiu outro.
Maisa Silva (Foto: Instagram)
Maisa Silva (Foto: Instagram)

Via Central de Noticias 

Confira uma das ofertas do Paraíba até dia 28.12.19.

Atrações do Natal movimentam o fim de semana no Centro de São Luís



Centro Histórico da capital reuniu milhares de pessoas que prestigiaram a agenda do Natal do Maranhão, na noite deste sábado (22). O desfile de personagens natalinos, as apresentações dos grupos de canto coral e a presença do Papai Noel gigante chamaram a atenção do público. A diversidade de atrações é um diferencial a quem foi prestigiar o evento e prossegue até dia 29 de dezembro, em vários pontos do bairro histórico.



(Foto: Divulgação/Governo do Maranhão)
Organizado pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de São Luís, a programação do Natal do Maranhão está em locais variados do Centro Histórico. Na Rua da Estrela, a Casa do Papai Noel está caracterizada e o visitante pode fazer um passeio pelo local que conta com sala, quarto e outros compartimentos. O público pode conferir apresentação de bandas de fanfarra e grupos de canto coral nas sacadas do casarão.
Na Praça Pedro II, o Papai Noel desfilou guiado por grupo de teatro de bonecos Companhia de Cambalhotas, do teatro de bonecos. No mesmo local, a Árvore Cantante fez a alegria de crianças, jovens e adultos. Na estrutura, grupos de corais apresentaram canções natalinas. Shows, apresentação de ballet e teatro foram atrações no palco montado em frente ao Tribunal de Justiça do Maranhão.
As crianças aproveitaram a programação infantil na Praça Benedito Leite, com contação de histórias, show de mágica e muitas brincadeiras e no coreto. A professora Rosenir Pereira, 42 anos, estava com a família e elogiou a variedade de atrações e a organização do evento. “Está tudo muito lindo e várias coisas para se ver, que a gente nem sabe por onde começar. Muito rico esse Natal e muito seguro e organizado”, disse.
O dentista Junior Marques, 25 anos, ressaltou que a programação fez com que muitas pessoas tivessem uma alternativa de entretenimento neste período. “Nunca tinha visto um Natal tão animado, com tantas opções e movimentado. Agora, o bairro se tornou um ponto de encontro das famílias para prestigiar as atividades, que são muitas e variadas. Gostei bastante”, enfatizou. A programação completa está disponível no site cultura.ma.gov.br e redes sociais do Governo do Maranhão e Secretaria de Estado da Cultura.
Via Central de Noticias 

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Eleitor no Maranhão só votará se tiver dados biométricos cadastrados


(Foto: Arquivo/Reprodução)

256 mil eleitores precisam procurar seus cartórios para regularizarem o título.


Via Central de Noticias 
Em sessão solene realizada nessa segunda-feira (16), o presidente do TRE-MA, desembargador Cleones Cunha, anunciou o término da biometria no estado do Maranhão. A partir de agora, todos os eleitores dos 217 municípios maranhenses serão identificados pelas suas impressões digitais na hora de votar.

“Este é um momento histórico. O que nós queremos anunciar é que o Maranhão está 100% biometrizado. Somos o 15º estado da federação a concluir a biometria. Um estado em que ninguém votará no lugar de ninguém e não votará duas vezes. Cada eleitor, cada pessoa física, corresponderá a um voto”, destacou o presidente.
O desembargador Cleones Cunha, ao assumir como presidente em fevereiro de 2019, estabeleceu como desafio que o processo de recadastramento biométrico obrigatório de pouco mais de 1 milhão de eleitores de 123 municípios, quantitativo de eleitores que faltavam para que o Maranhão todo pudesse votar usando a biometria como sistema de identificação. Com isso, asseguraria a idoneidade do cadastro eleitoral para extirpar, de vez, qualquer possibilidade de fraude.

Dos 4 milhões, 548 mil e 809 eleitores do estado, 4.287.198 (94,25%) já estão com a biometria. Nesse ciclo final (2019/2020) foram revisados 918.140 eleitores, 119.273 (10,08%) realizaram transferência e 146.338 (12,36%) decorrem de novos alistamentos.

Apenas 256 mil eleitores ainda não fizeram o recadastramento biométrico, o que corresponde a 5,64% do eleitorado, índice considerado pequeno. “Significa dizer que o estado do Maranhão foi mobilizado e o eleitor atendeu o chamado da justiça eleitoral”, pontuou o presidente.

O eleitor que não possui dados biométricos cadastrados na justiça eleitoral deverá procurar um cartório eleitoral ou posto de atendimento para se regularizar até o dia 6 de maio de 2020.

Atualmente, 15 estados já concluíram o processo de cadastramento das digitais: Acre, Alagoas, Amapá, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Sergipe, Tocantins e o Maranhão.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Natal Sensacional da Landry Móveis

Bumba meu boi ganha título de Patrimônio Cultural da Humanidade



O reconhecimento foi dado pela Unesco nesta quarta (11), após reunião do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, em Bogotá.


celebração do bumba meu boi, no Maranhão, agora é Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. O reconhecimento foi dado pela Unesco nesta quarta (11), após reunião do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, em Bogotá.
O bumba meu boi passa a ser reconhecido mundialmente depois de ter ganhado, em 2011, o título de Patrimônio Cultural do Brasil, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Foi o Iphan, inclusive, quem elaborou a candidatura da festa maranhense.
Agora, a celebração se junta a outros cinco bens culturais brasileiros já reconhecidos pela Unesco. São eles o frevo do carnaval de Recife, o samba de roda do Recôncavo Baiano, a pintura corporal e arte gráfica dos wajãpi, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré e a roda de capoeira.
Segundo o Iphan, o bumba meu boi foi reconhecido como complexo cultural pois agrega diversos bens. Além das performances dramáticas e musicais, há a dança coreografada e as expressões materiais, que incluem o artesanato e a confecção de instrumentos.
Realizado no Maranhão e em outros lugares do Nordeste, o bumba meu boi tem raiz no catolicismo popular e influências de cultos afro-brasileiros. O enredo gira em torno da figura do boi, e traz a representação de diversos personagens da história brasileira, como um índio e um vaqueiro.
Tradição secular, o bumba meu boi também envolve a devoção a São João, São Pedro e São Marçal. Por isso, é encenado durante festas juninas e arraiais, tomando São Luís durante os meses de junho e julho.
Via Central de Noticias 

Aproveite as promoções de Natal no Paraíba

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Maranhão poderá receber Força Nacional após mortes de índios


A ação criminosa terminou com a morte dos caciques Firmino Silvino Guajajara e Raimundo Bernice Guajajara.


Polícia Federal assumiu as investigações após a morte de dois índios no último sábado (7), entre as aldeias Boa Vista e El Betel, às margens da BR-226. O Ministério da Justiça e Segurança Pública está estudando a possibilidade de enviar a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) à região. O atentado aconteceu pouco mais de um mês depois de um confronto que deixou um indígena e um madeireiro mortos em Bom Jesus das Selvas.
Raimundo Guajajara morreu durante o ataque a índios em Jenipapo dos Vieiras no Maranhão — Foto: Divulgação/Apib
Em suas redes sociais, o ministro da Justiça Sérgio Moro, anunciou que já enviou à reserva indígena uma equipe da PF, que investigará o crime, para elucidá-lo e identificar os autores do ataque. “Lamento o atentado, ocorrido hoje no Maranhão, que terminou com dois índios guajajaras mortos e outros feridos. Assim que soube dos tiros, a Funai foi até a aldeia tomar providências, junto com as autoridades do governo do Maranhão. A Polícia Federal já enviou uma equipe ao local e irá investigar o crime e a sua motivação”, disse ele.
Antes de a Polícia Federal chegar ao local, as polícias Civil e Militar fizeram buscas pela área e regiões próximas, mas até o momento ninguém foi preso. A ação criminosa terminou com a morte dos caciques Firmino Silvino Guajajara e Raimundo Bernice Guajajara. Outros dois índios ficaram feridos, entre eles Nelsi Guajajara.
Segundo a Funai, os índios foram atacados logo depois de saírem da aldeia Coquinho, onde lideranças de várias aldeias da região participavam de uma reunião com representantes da Eletronorte, para tratar da compensação aos índios pela passagem do linhão de energia elétrica dentro das terras indígenas.
O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), se manifestou por meio de uma rede social e disse que as forças estaduais vão auxiliar as autoridades federais no caso.
“Minha solidariedade às vítimas de violência contra povos indígenas. As equipes estaduais de segurança estão colaborando com as autoridades federais competentes para questões indígenas. Policiais civis já em atuação”, escreveu o governador.
O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB no Maranhão, Rafael Silva, diz que o órgão está preocupado com o ataque que aconteceu um mês após o assassinato do líder indígena Paulo Paulino Guajajara.
“O que nos preocupa é que nós temos políticas públicas a nível federal que são tomadas que estão agravando essa situação de vulnerabilidade da existência dos povos indígenas e da permanência em suas terras. Quando o estado passa a ser um espaço de ameaça aos povos indígenas então estamos diante de uma situação que chega perto do terror. É uma situação grave e que não pode ficar apenas na esfera estadual. É necessário que a Polícia Federal atue de uma forma contundente, estamos a pouco mais de um mês de outro assassinato brutal e esse também há, evidentemente indícios que seja um crime de encomenda”, disse Rafael Silva.
Via Central de Noticias 

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Ambulância de Tutóia é incendiada por populares após atropelar e matar pedestre que fazia caminhada


A ambulância da cidade de Tutoia-MA, é incendiada após atropelar pedestre e a mesma vir a óbito no local. Trata- se da professora Elizete Sousa que fazia caminhada matinal na rodovia. 

O acidente foi na MA 315, em Paulino Neves- MA.


Os moradores em protesto tentaram linchar o motorista e atearam fogo no veículo, a Polícia foi acionada para conter a situação. 

Essas são as informações preliminares, aguardando mais detalhes do ocorrido.



Colaboradores

Arquivo do blog