terça-feira, 18 de novembro de 2014

Blog recebe denúncia: BANDIDO ATERRORIZA POVOADO DE ESTIVA, EM TUTÓIA-MA

Blog recebeu essa denúncia e publica aqui na íntegra

Recentemente, dois idosos foram, covardemente, espancados por um rapaz, de aproximadamente, 22 anos, oriundo de Tutóia, de nome Antonio Raimundo, vulgo “Raimundinho”,  no lugarejo Estiva, município de Tutóia-MA, onde está residindo atualmente.
 
O último episódio ocorreu no dia 13, à noite, ocasião em que o elemento espancou, fortemente, com um pau, o idoso Francisco Luís de Castro, de apelido “Chichico”, de 70 anos de idade, na sua própria residência, o qual só conseguiu fugir das garras do agressor com a ajuda de um menor, que também foi espancado pelo elemento.
 
Contudo, após o Sr. Francisco conseguir fugir, o indivíduo quebrou a casa da vítima, apanhou duas armas brancas (duas foices), colocou uma em cada mão e saiu na rua perguntando aos vizinhos onde o “Sr. Chichico” estava, além de sair aterrorizando as pessoas naquele lugarejo, oportunidade em que insultou e ameaçou a Sra. Ana, que mora sozinha com uma filha pequena.
 
A vítima está com medo de voltar para sua casa porque o elemento é seu enteado e reside numa casa ao lado da sua e está “tomando de conta” da sua propriedade, então a vítima é quem está “foragida” enquanto o elemento “pousa de Rei” naquela localidade.
 
Dias atrás, esse mesmo elemento agrediu um outro velhinho, de nome Flecheira ou “Freixeira”, conhecido como “Cacunda” - devido a um problema na sua coluna - também na casa da vítima, com um facão, de forma tão cruel e grave que o idoso ainda hoje está com hematomas nos olhos, além de ter se “desgostado” com o desfecho da questão - “que não deu em nada” - e ter ido embora do povoado. Sendo que este segundo idoso não tinha qualquer relação de parentesco com o indivíduo, tendo sido, ao que parece, fruto de pura maldade.
 
Há, ainda, relato sobre ameaça de morte contra vários moradores daquele povoado, um senhor de nome “Domingos”, esposo da Sra. Marivanda, outro também de nome “Domingos”, que mora nas proximidades (local Madeira), e pelo menos mais dois senhores, que não foram identificados.
 
A ação das autoridades se faz necessária porque esse elemento é de alta periculosidade e está impune no lugarejo Estiva. (Ele precisa ir p/ Pedrinhas, que é lugar de bandido assim!)
 
Sendo assim, solicitamos intervenção de quem possa ajudar, levando o caso às autoridades de Tutóia: Delegacia, Promotoria, Câmara dos Vereadores, Prefeitura, Associação dos Moradores, Conselho de Idoso, Jornais, Rádios (alguns desses casos foram registrados na Delegacia de Polícia de lá) para que tomem as providências necessárias, inclusive para que o agressor seja convidado a se retirar daquele povoado, o mais breve possível (até porque ele nem é de lá, chegou há pouco tempo), a fim de que as pessoas possam continuar em segurança em suas residências e, também, para que se evite um linchamento do indivíduo.
 
Por fim, cabe citar o que dispõem os artigos 2º e 3º do Estatuto do Idoso (LEI No 10.741, DE 1º DE OUTUBRO DE 2003.):

Art. 2o - O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade.

Art. - 3o É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog