quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Bomba: Vereador denuncia irregulalridades na prestação de contas de Tutóia em 2014 com destaque para o transporte de alunos





A sessão plenária de quarta-feira  23/09/2015 foi marcada por varias denuncias trazidas em plenário  pelo 
vereado Zé Orlando, elas foram fundamentadas em documentos de prestação de contas do ano de 2014, enviadas  ao Tribunal de constas pelo  atual Prefeito de Tutóia  Raimundo Nonato Abrão Baquil .Estes documentos foram  assinados pelo Prefeito e a sua secretária de Educação Dayse Baquil  que é esposa do prefeito.

As denuncias são apenas no âmbito do  transporte escolar, recursos federais para servir os alunos da rede municipal de ensino público em Tutóia.

Segundo o vereador Zé Orlando a empresa EMA SERVIÇOS QUE TEM COMO PROPRIETÁRIA ENILDA MARIA ALMEIDA DOS REIS,  foi montada em Tutóia para produzir o enriquecimento ilícito e  roubar o dinheiro publico.  Esta empresa é uma espécie de locadora de veículos, mas não tem estes veículos de locação, não tendo capacidade técnica para tal atuação,  sendo  até desconhecida em Tutóia, mas é ela que presta serviço de transporte público para o município de Tutóia-MA.  Informou ainda que nenhum dos carros que costa na prestação de contas, fazem o serviço de transporte público escolar.

 A empresa recebeu um montante de três milhões de reais  de 50 milhões que o município recebeu.
As rotas montadas  para o transporte escolar são uma verdadeira fraude, elas  não existem , mas estão em prestação de contas enviadas para o Tribunal.

O vereador Zé Orlando mostrou aos vereadores presentes e também ao público, uma pequena  demonstração da fraude:  no  povoada Belagua com apenas 5 quilômetros de extensão, consta na prestação de contas que há 5 veículos para transportar alunos e entre eles um micro-ônibus, mas que só existe no papel . 

Zé Orlando também fez denuncias embasadas nos mesmo documentos que, existem pessoas que não moram em Tutóia, mas que recebem salários na folha de pagamento da Secretaria de Educação de Tutóia, existem salários de até 20 mil reais. Disse ainda que está constatado um nepotismo deslavado no município. 

Também  foi pauta de discussão a resistência do prefeito e a secretária de educação, não querer aderir o programa do transporte escolar do Governo do Estado para o ensino médio. Enquanto  isso,  pais de alunos de todo município, estão pagando transporte individual para que possam ter acesso às escolas. 

A secretária de Educação alega que o repasse ( duzentos e noventa e dois mil) é muito pequeno, é insignificante,  mas o vereador Zé Orlando contesta e diz  que a secretária só consegui ver milhões e por isso não quer assina a parceria com o Estado.
   
Vereadores que compareceram a sessão:

 Elias de Aquino, Binha, Zé Orlando, Pedro Agripino, Gean Lima, Christian Noronha, Alexandre Baquil, Maria do Carmo, Zé de Mar, Rafael Fonseca, Paulo Roberto.

Faltaram os vereadores :

 Antônio Chico (Presidente do Legislativo) e o vereador Enilson Santo.

Presidiu a sessão o vereador Elias, que soube ministrar os trabalhos com firmeza de ante de alguns inícios de bate bocas no percorrer do tempo regimental.

VEJA AS DENUNCIAS NA INTEGRA EM VIDEOS LOGO A SEGUIR.

Vídeo ne° 1 



Vídeo ne° 02


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog