quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Câmara de vereadores de Tutóia: sinais de um legislativo desnorteado

A sessão plenária desta quarta (09) teve momentos inusitados. De um lado, muita reclamação da galeria diante de uma mesa diretora que ainda não disse a que veio, segundo um dos presentes. De outro, parlamentares com sinais claros de descontrole, até mesmo chegando a discutir com uma mulher presente na galeria dando murros em sua mesa. 

Descontrole, falta de norte na condução dos trabalhos e de compromisso com causas sociais é o que aparenta estar, repetidamente, acontecendo no parlamento municipal.

O vereador Christian Noronha colocou na sessão passada dois projetos de lei (da ficha limpa e do nepotismo) o que fora motivo de vereadores da base do prefeito terem esvaziado o plenário para que não houvesse quórum para aprovação.

Há meses discussões vagas são apresentadas sobre segurança e prestação de serviços bancários, mas de concreto não tem havido (até aqui) uma indicação encaminhada ao executivo ou mesmo formalização das reclamações a quem de direito quanto aos temas discutidos.

Em resumo a sessão de hoje desagradou mais que agradou quem esteve ali para assistir um jogo de empurra-empurra, de culpar este ou aquele para problemas sérios como o da falta de transporte públicos para alunos do Ensino Médio, e de esquivos de questões sociais relevantes.

O principal nome a pré-candidatura de sucessão do governo atual chegou a dizer que a plateia estava composta de baderneiros o que culminou com mais reclamação da plateia. Outros diziam que o Regimento Interno estava sendo ferido quando as interpelações partiam da galeria e esta revidava alegando que o povo só é enxergado em época de eleição e que não tem voz e nem vez quando da situação de descrédito e de indefinição ou mesmo de dúvidas que deixa transparecer a atuação de muitos parlamentares.


Ao que parece longe de se ver o povo ser verdadeiramente representado e de que a queda de braço entre oposição e situação por um “poder que não serve ao povo” termine nos próximos meses.

Publicidade:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog