quarta-feira, 16 de março de 2016

Tutóia volta às ruas contra o mosquito Aedes Aegypti

Essa mobilização contra o mosquito aedes aegypti em Tutóia, iniciou na semana passada por iniciativa do enfermeiro Romildo do Hospital e pelo Sindicato dos Servidores Públicos e na manhã desta terça-feira (15) a Secretaria Municipal de Saúde juntou vários profissionais da saúde e percorreu as principais ruas da cidade com carros de som, faixas e panfletos de orientação para os cuidados com água parada e acumulada em recipientes que possam ser prováveis criadouros do mosquito que transmite a dengue, o chinkungunya e a zika vírus.





 Enfermeira Sabrina
A enfermeira Sabrina, coordenadora da atenção básica de saúde de Tutóia, disse que Tutóia registrou este ano o primeiro caso de microcefalia e informou que o principal objetivo é mobilizar a população, e essa caminhada foi "o ponto inicial para mobilizar a população contra o mosquito e depois iremos fazer nos povoados" reforçou.

Romildo do Hospital que mais uma vez acompanhou a mobilização disse que todos precisam fazer sua parte.

A enfermeira Nayandra Dias responsável pelo Posto de Saúde do Comum explica sobre o caso de microcefalia que pode ter sido causado pelo zika vírus. Ela informou ainda que a Secretaria de Saúde do município está avaliando caso com a família da mulher que teve o bebê microcéfalo e que veio a óbito cinco dias após o nascimento. 


Os profissionais da saúde e da vigilância epidemiológica - na caminhada -  esvaziaram pneus velhos com água parada deixados em um prédio que está em construção na Rua Magalhães de Almeida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog