sábado, 21 de maio de 2016

Sindicalistas realizam ato público em Belágua do MA e ocupam parcialmente a prefeitura

Os Servidores municipais de Belágua, município distante 279 km da capital São Luis, foram às ruas com o apoio da CUT-MA-Central Única dos Trabalhadores - e da FETRAM - Federação que representa os trabalhadores do serviço público municipal no Estado do Maranhão para protestar contra atos impopulares do prefeito Adalberto do Nascimento Rodrigues.

O movimento percorreu as principais ruas do centro da cidade e vários sindicalistas, populares e vereadores fizeram discursos em frente aos prédios da Câmara e da Prefeitura Municipal contra a gestão do prefeito Adalberto, por atraso de salários por mais de 15 dias, não reajuste do Piso Salarial dos Professores em 2016, suspeitas de superfaturamento em contratos de transporte escolar e suspeitas de malversação do dinheiro público. 

A presidente do Sindicato que representa os trabalhadores, Silvana Silva, disse que "a prefeitura está desrespeitando os trabalhadores municipais, houve atraso de salários, agentes de saúde não tem a condição mínima de exercer suas funções com dignidade e até agora a secretaria de Educação não deu nenhuma resposta sobre o reajuste de 2016 para os professores" lamentou a sindicalista. Ela disse ainda que muitos servidores tiveram prejuízos financeiros pois tiveram que pagar multas pelo atrasos de contas em lojas e bancos. 

A prefeitura, segundo uma aluna do município, não tem garantido o transporte escolar e por essas razão muitos tem dificuldade de ir à escola. 


Veja as imagens






Vereador do município critica a gestão do prefeito e diz que o povo de Belágua está sofrendo.


Aluna reclama da falta de transporte escolar




Vereadora faz duras críticas ao prefeito e aos colegas de bancada que apoiam a gestão



Populares ocuparam a entrada da prefeitura durante o ato

A prefeitura não quis gravar entrevista, mas o Secretário de Administração Carlinhos Abitmol em conversa com a reportagem disse que irá sentar, nos próximos dias, com o sindicato para discutir a pauta de reivindicação e que já efetuou o pagamento dos salários que estavam atrasados. 

Segundo o Sindicato o pagamento foi realizado na quarta-feira (18), um dia antes do Ato Público e após ter recebido a formalização do Sindicato. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog