quarta-feira, 22 de junho de 2016

Servidores públicos estão acampados no prédio da Prefeitura Municipal de Matinha

Servidores públicos municipais estão, desde a manhã de ontem (22), acampados no prédio da Prefeitura Municipal do município de Matinha, que fica distante 236 km da capital São Luis.
A medida visa chamar a atenção do prefeito Beto Pixuta, que segundo o Secretário Geral do Sindicato que representa a categoria, Armando Silva, até o momento não recebeu os profissionais para dialogar e ainda disse que acionou sua Assessoria Jurídica para ingressar na justiça.
Mesmo após a paralisação e a greve geral deflagrada na ultima sexta-feira (17), onde os professores e outros profissionais como vigias e zeladores participaram, o prefeito daquele município se recusa a receber os grevistas.
Entre as reivindicações estão o reajuste salarial e pagamento de salários atrasados, especialmente dos professores da Educação Infantil e as férias do ano passado, que até hoje a prefeitura não pagou. O movimento está sendo coordenado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.
Até agora nem o prefeito Beto Pixuta e nem a Secretaria Municipal de Educação se manifestaram. O blog entrou em contato com o Chefe de Gabinete, mas não teve retorno. 




Com informações do blog: jailsonmendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog