sábado, 25 de junho de 2016

Sexta-feira da coisa em Tutóia: Delegacia arde em chamas, Vice Prefeito é empossado e Arraial foi adiado

Em um mesmo dia em Tutóia algo inusitado aconteceu a Delegacia arde em chamas na madrugada, Vice Prefeito é empossado e Arraial foi adiado (ou será cancelado?).

Vamos aos fatos:
Batista Leonardo, aos 81 anos, assume a prefeitura de Tutóia. Ele tem uma história que se dividiu entre a dedicação ao Sindicato Rural e a política local. Foi o primeiro presidente da Fetaema- Federação dos Trabalhadores Rurais do Maranhão, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tutóia por 28 anos. Foi vereador na década de 60, anos mais tarde, elegeu o filho e sobrinho para vereadores, e, atualmente, estava vice-prefeito de Diringa Baquil.

Em seu discurso (bem curto, menos de 10 minutos), comparou o momento como uma chuva que pode ser rápida ou demorada, e mesmo sem saber por quanto tempo irá gestar o município, não medirá esforços para resolver os problemas que surgirem. Não ofendeu o prefeito afastado, mas não fez defesas.

Em entrevista concedida a radialistas e blogueiros, o prefeito empossado afirmou que após “tomar pé” da situação financeira da prefeitura de Tutóia, irá tomar as medidas mais urgentes. Disse ainda que o Arraial de Tutóia na começaria na data tradicional (24 de junho), mas que será realizado.

Quando indagado sobre a equipe de governo, foi enfático ao dizer, que de início não haverá mudanças.








O presidente da Câmara, vereador Antonio Chico, agradeceu a presença dos seus pares, destacou a presença de populares na galeria que pacificamente assistiam a sessão, deu as boas vindas a Batista Leonardo, dizendo que a Câmara dos vereadores está a sua disposição para dialogar sobre os rumos que Tutóia deve tomar daqui por diante. Ressaltou ainda que Leonardo estava sendo empossado prefeito por uma ação do legislativo quando afastou Diringa Baquil. 


O vereador Romildo do Hospital, pediu uregente a recuperação do centro cirúrgico e a realização do Arraial ao novo gestor.


O vereador Nilson, quebrou o protocolo e fez um desabafo referente a postagem numa rede social com difamações contra ele e a outros vereadores oposicionistas.


Por volta de meia noite, a carros, cigarros, e motocicletas que estavam no pátio da Delegacia de Tutóia-Depol, ardiam em fogo.

Segundo a Polícia não se sabe os autores do crime, mas acredita-se que o fogo foi originado de bomba caseira atirada através do muro da Depol.

As celas foram esvaziadas porque os presos estavam tendo dificuldade para suportar a grande quantidade de fumaça que tomou o prédio. 

Mais de 30 detentos estavam no pátio (fora) da Delegacia sob a vigilância de Policiais Militares e Civis. 

Segundo um dos presos e o carcereiro de plnatão que conversou com a reportagem no momento do fogo não havia Policiais na Delegacia. 

A Polícia foi comunicada pelo carcereiro e uma força tarefa foi montada para tentar conter o fogo.

Presos e policiais tentaram conter o fogo com mangueiras comuns da própria Delegacia. E somente na manhã de hoje (25) o Corpo de Bombeiros chegou à cidade. 









Na ausência da realização do Arraial o Boi Precioso fez a festa na Escola  Casemiro de Abreu. Veja as imagens:









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog