sábado, 24 de dezembro de 2016

Suspeito de ataque em Berlim é morto na Itália


Na quinta, a Alemanha informou que documentos de Amri foram achados no caminhão
O suspeito de ter executado o atentado contra uma feira de Natal na segunda-feira (19) em Berlim, na Alemanha, foi morto na madrugada desta sexta-feira (23) nos arredores de Milão, na Itália. No ataque de segunda com um caminhão na capital alemã, reivindicado pelo Estado Islâmico, 12 pessoas morreram e pelo menos 48 ficaram feridas.
 
Anis Amri, um tunisiano de 24 anos, foi encontrado em um posto de controle da polícia em uma estação ferroviária da cidade de Sesto San Giovanni, próxima de Milão. Amri foi parado, por volta das 3h --horário local-- por dois policiais. Ele estava andando sozinho e teria se recusado a mostrar seus documentos. Ao ser abordado, segundo a polícia, o jovem puxou uma arma e feriu um dos policiais no ombro. O colega do agente, então, disparou contra o suspeito, matando-o. 
 
As autoridades italianas divulgaram as identidades dos policiais: o policial ferido é Christian Movio, 36, e seu colega, Luca Scatà, 29. Movio foi internado em um hospital de Monza e será submetido a cirurgia, mas não corre risco de morte.
 
 
Com informações do UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog