terça-feira, 8 de agosto de 2017

Paulino Neves realiza 2ª audiência pública para elaboração do Plano Diretor do município

Alexandre Barzaghi, economista
Antônio Fielíssimo Neto, agrimensor, técnico de identificação da prefeitura

Marcelo do Espírito Santo, Arquiteto Urbanista






Novamente no Auditório Raimundo Lídio, a equipe da GKS Negócios Sustentáveis, fez apresentação do documento elaborado pela empresa para subsidiar a elaboração do Plano Diretor de Paulino Neves.

O expositor, Alexandre Barzaghi, economista, apresentou o eixo que trata da expansão urbana da cidade.

Paulino Neves, para o Secretário de Cultura, representando o prefeito Roberto Maués, “tem que crescer de maneira organizada [...], o turismo, é um dos pontos positivos a ser explorado, mas com cuidado ambiental, mas que traga recursos para nosso município” comentou Itamyr Rodrigues.

Antônio Fielíssimo Neto, agrimensor, técnico de identificação da prefeitura foi enfático “vejo uma desordem com respeito a propriedades de posseiros na área urbana” disse ele. E ainda, levantou questionamento quanto ao planejamento urbano, traçado de vias, ruas, avenidas, uma vez que já há a ocupação sem o planejamento prévio, entretanto, há medições para concessão de posses pela prefeitura.

Há um lixão dentro do raio urbano, 400mx400m, é o tamanho da área desse lixão. Diante da preocupação mostrada, há a necessidade urgente de ordenamento da ocupação do espaço urbano.

Marcelo do Espírito Santo, Arquiteto Urbanista, professor da UFMA, que compõe a equipe de elaboração do estudo argumenta “quando se fala em organização, o Plano Diretor é o primeiro passo para o planejamento urbano, [...] é preciso observar a Lei de Zoneamento- principal lei complementar do Plano Diretor, que definirá a ocupação e usos, com as reservas de espaços públicos, residenciais, comerciais e outros” explicou.


Antônio João, criador local, disse “queremos uma Paulino Neves adequada, [...] muita gente pensa que vai ter o terreno tomado, mas não é isso, é adequação, e, me prontifico a estar na equipe de conscientização” ponderou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog