segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Zé Carlos Ramos falece na tarde desta segunda (21) em Tutóia

Tutoiense ilustre e dono de vasto conhecimento sobre a Tutóia como era conhecido por muitos, em especial aos parceiros imortais como ele da ACALT, Academia de Ciências, Artes e Letras de Tutóia. 

Iniciou suas atividades na igreja ao lado de padre Hélio Maranhão participando do início de implantação das CEBs-Comunidades Eclesiais de Base trazidas pelo padre. Depois de concluir seus estudos na Escola Normal Ginasial Almeida Galhardo foi ser professor do mesmo colegio. Tabalhou no Funrural de Itapecuru Mirim e na CAEMA Tutóia. 

Foi sócio fundador da ACALT, sob a égide da cadeira nº 13 que tem como patrono Almeida Galhardo. Foi orador oficial da Academia de Ciências, Artes e Letras no biênio de 2003-2004, e presidente no biênio 2008-2009. 

Foi pesquisador incessante da História de Tutóia, secretário judicial da Comarca. Era Pedagogo, Bacharel em Filosofia, Graduado em Ciências da Religião (curso livre) e pós-graduado em Gestão Pública. E exerceu durante algum tempo a chefia da Polícia no município. 


Trabalhou como chefe de pastas dos governos Merval Melo, Zilmar Melo e Raimunndo Nonato Baquil (Diringa). 

Ele faleceu agora a pouco no Hospital Lucas Veras após sofrer uma parada cardíaca. Segundo informações começou a passar mal em casa e deu entrada no hospital por volta das 18 horas de hoje (21) e já apresentava sinais de óbito. O corpo deverá ser velado no Salão Paroquial da Igreja Católica no centro da cidade. 

A morte de Zé Carlos Ramos deixa uma lacuna muito grande na história de Tutóia. O livro “A SAGA DA TRIBO TEREMEMBÉ”, uma de suas mais importantes obras escritas leva leitor a pensar e imaginar-se parte da vida de um povo que por muito tempo habitou áreas do, hoje, município de Tutóia no Maranhão, Parnaíba no Piauí, municípios do Ceará até o Rio Grande do Norte. (p. 49). Reveja aqui o lançamento deste livro. 


O IEMMa, também publicou uma nota comunicando que não haverá aulas amanhã (22). Zé Carlos Ramos era filho de Maria Madalena, patrona da escola. 




Zé Carlos Ramos nasceu em 1949, ia completar 68 anos em dezembro. 

Ele era pai da Diretora da Escola João Crisóstomo (Paulino Neves) Josecarla Ramos e outros dois filhos, e esposo da professora Maria José Ramos. 

Padre Claudio Mendes, pároco de Tutóia também publicou uma nota na rede social 
Com amigos e familiares no lançamento de seu livro em 2013
Com o autor do blog autografando seu livro 

Com os irmãos Gracinha e Zezé Ramos
Veja aqui um vídeo feito ao blog Elivaldo Ramos sobre comemoração do aniversário do Padre Hélio em Tutóia. Na entrevista ele diz que estava escrevendo um livro sobre o Padre, não chegou a publicar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog