quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Prefeito Romildo Damasceno volta ao cargo por decisão liminar

O prefeito Romildo do Hospital voltou ao cargo na manhã de hoje (29) por força de uma liminar proferida pelo juiz da Comarca de Tutóia. 

Com essa decisão uma briga judicial começa. Mas, os trabalhos da CPI devem continuar e se comprovar irregularidades abrem-se novas discussões. 

O prefeito volta sem apoio popular e sem apoio do legislativo. Será bem dispendioso ao governo e ao povo se tentar conseguir apoio de pelo menos dois parlamentares. 

O prefeito deverá ainda entrar com ação responsabilizando a Câmara pelo afastamento e esta por sua vez vai se munir de argumentos para tentar cassá-lo. Ou seja, Tutóia viverá um governo que vai governar sob liminar e sob a pressão do povo e do legislativo. 

Quanto ao serviço público deverá haver mudanças radicais na estrutura funcional, inclusive com demissões e ou transferências de funcionários e de cargos comissionados. 

Sem dúvida, o prejuízos maior será aos servidores públicos e à população do município. Uma vez que muitos serviços estão precarizados. Mas, receberá pressão popular. 









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog