terça-feira, 14 de maio de 2019

Evento de 100 dias de mandato dos eleitos RenovaBR reúne centenas de pessoas em SP




Na última sexta-feira realizamos um evento de prestação de contas dos 100 primeiros dias de atuação dos líderes RenovaBR, com a presença de mais de 500 pessoas, no auditório da Fecomercio, em São Paulo.

Ainda na última semana, em uma matéria sobre o crescimento do populismo na América Latina, a revista The Economist tratou o RenovaBR como parte importante do contraponto a este movimento. Segundo a reportagem, somos um “lampejo de renovação democrática” na região. Veja mais no trecho em anexo.


Em Brasília, o deputado federal Luiz Lima aproveitou a ocasião para anunciar que ele e seus colegas de partido vão lutar para manter a Coaf subordinada ao ministério da Justiça. “Nosso compromisso com Moro está de pé”, declarou. Antes, o parlamentar participou de uma audiência com o Ministro Osmar Terra na Comissão de Esportes da Câmara. O deputado apresentou três propostas ao longo da semana. Uma delas sugere a criação de uma Comissão Especial para debater alterações na Lei Pelé. Ele também foi eleito titular na Comissão Especial do Orçamento Impositivo.

Na Comissão de Educação, Esporte e Cultura do Senado, Alessandro Vieira perguntou ao ministro Abraham Weintraub o que o governo pretende fazer com o FUNDEB. O senador destacou que os maiores problemas no ensino estão relacionados a má qualidade da formação dos professores, falta de valorização da carreira e atraso na implantação da base nacional curricular. Já na comissão especial do Fundeb, Tabata Amaral apresentou um projeto para alterar o critério de distribuição do fundo. A Comissão começou a funcionar esta semana e têm como titulares Marcelo Calero, Tiago Mitraud, Tabata Amaral e Felipe Rigoni.

Na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, Lucas Gonzalez conseguiu aprovar um requerimento que convoca audiência pública para debater formas de estimular a empregabilidade dos jovens brasileiros. A ideia é focar na formação e emancipação econômica dos jovens. Gonzalez assumiu ainda uma cadeira na Comissão Especial do Fundo de Participação dos Municípios.

Felipe Rigoni assumiu a coordenação de GovTech na Frente Parlamentar Mista de Economia e Cidadania Digital da Câmara. O objetivo é identificar e valorizar políticas públicas para democratização da internet no país, o empreendedorismo digital, a melhoria de infraestrutura, além do apoio a novas formas de trabalho.

Como relator, Vinicius Poit apresentou o plano de trabalho e o cronograma das audiências públicas da Comissão Especial de Mobilidade Urbana. O deputado federal também é coordenador Frente de Economia e Cidadania Digital, lançada nessa semana na Câmara.

Em São Paulo, o deputado estadual Heni Ozi Cukier apresentou uma proposta que torna obrigatória a divulgação do valor pago pelos anúncios publicitários veiculados pelos órgãos da administração direita e indireta do Estado.

Após um levantamento minucioso, Ricardo Mellão e sua equipe concluíram que 73% das 15 mil leis aprovadas na Assembleia Legislativa de São Paulo dizem respeito a denominações de viadutos, estradas e datas comemorativas, como o Dia do Saci e o Dia do Tomate. Só o Dia da Uva tem três datas comemorativas diferentes. O cenário pouco produtivo chamou atenção do parlamentar, engajado no chamado ‘revogaço’ de leis e burocracia na Alesp. A Ideia é por fim a leis sem relevância para população.

Presidente da Comissão de Economia da Alerj, Renan Ferreirinha organizou uma audiência pública no Complexo do Alemão sobre empreendedorismo em favelas. A intenção é estimular que comerciantes da região formalizem e desenvolvam seus negócios.

Boa semana!

Time RenovaBR



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog