segunda-feira, 8 de julho de 2019

Após assalto a residência, vítima persegue dupla e suspeita morre em colisão em São Luís

Segundo a investigação policial, o assalto a residência foi no Anjo da Guarda, em São Luís.

Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) está investigando a morte de uma adolescente em São Luís após uma colisão de trânsito, neste domingo (07) para saber se foi acidente de trânsito ou homicídio. Isto pelo fato de a adolescente de 16 anos ter morrido após sofrer uma queda em uma colisão causada por Pablo Silva Lima, vítima de assalto a residência, que resolveu perseguir os assaltantes. O outro suspeito que estava na motocicleta, João Francisco Araújo Moraes, também se machucou e foi encaminhado ao Hospital Clementino Moura (Socorrão II).
Segundo a investigação policial, o assalto a residência foi no Anjo da Guarda, em São Luís. O crime teria sido cometido por quatro pessoas que estavam em duas motos. Após o crime, Pablo seguiu uma das motos e quando chegaram próximo ao Largo de São Pedro, já na região central da cidade, houve a colisão e as duas pessoas na moto foram arremessadas.
Testemunhas disseram aos policiais que a vítima do assalto ainda foi alvo de disparos de arma de fogo durante a perseguição. Ele não foi atingido e após a colisão entre os veículos, ele ficou no local esperando a chegada da polícia.
A polícia apreendeu com o condutor da motocicleta, João Francisco Moraes, um revólver calibre 38. Enquanto isso, a vítima do assalto, Pablo Silva Lima, foi ouvido na SHPP e foi liberado. “O laudo ainda vai dizer se houve intenção de matar, e o Pablo está se colocando à disposição. Então seria abuso de autoridade uma prisão em flagrante nesta situação”, disse o delegado plantonista Felipe César.
Central de Noticias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog