sábado, 9 de maio de 2020

Como funciona o Sistema Educacional na China

Sabemos que a educação chinesa é muito famosa, principalmente pela grande disciplina que exige. Saiba mais agora sobre o sistema educacional que virou referência mundial!

educação

A VISÃO DA EDUCAÇÃO CHINESA

Rigorosidade, disciplina e competitividade são as principais características da educação chinesa. Essas características garantem papel de referência mundial no cenário internacional. Além disso, o sistema educacional chinês é tão eficiente que a alfabetização do país aproxima-se dos 95% da população.

educação

O ensino chinês é obrigatório e gratuito a todos até os 15 anos de idade. As avaliações rigorosas começam desde cedo e a pressão começa logo no início da vida escolar das crianças chinesas.

ETAPAS DA EDUCAÇÃO CHINESA

Saiba mais abaixo sobre as etapas da educação chinesa: a pré-escola, o Ensino Fundamental, o Ensino Médio e o Ensino Superior.

educação

Pré-escola

Essa etapa da educação chinesa dura 3 anos – etapa que a criança chinesa começa a aprender coisas essenciais, como escrever caracteres e contas básicas de matemática.

Ensino Fundamental

A criança chinesa começa essa etapa da educação chinesa com 6 anos de idade. Essa etapa ainda é obrigatória e gratuita para todos chineses. É nela que se começa a construir e educar o cidadão chinês na questão acadêmica, moral e profissional. É também a etapa que a disciplina e a pressão começam a aumentar sobre os alunos chineses, pois as divisões de alunos, usando as avaliações como base, começam a serem feitas nessa etapa.

Ensino Médio

Essa etapa é aquela em que o aluno chinês molda o seu futuro. A competitividade é contínua na vida do estudante, assim como a pressão. As avaliações decidem se o aluno chinês irá para faculdades de alto prestígio, que geralmente se localizam em Shanghai e Pequim, ou para faculdades não tão renomadas. As escolas, nessa etapa, são classificadas em técnicas profissionalizantes e preparativas para a universidade. Vale lembrar ainda que essas escolas não são mais obrigatórias e nem gratuitas.

Acesso ao Ensino Superior na China


educação

O acesso ao Ensino Superior é realizado de maneira similar ao Brasil. Existe um vestibular que abrande o país inteiro, assim como o ENEM. Essa avaliação é considerada por muitos o dia mais importante do cidadão chinês, logo, a pressão e o estresse se acumulam.

Ensino Superior

Esse último nível da educação chinesa é totalmente pago. Os órgãos de Ensino Superior variam muito de preço e de renome. Mas o acesso a essas faculdades será melhor retratado no próximo tópico. No Ensino Superior podemos citar o Bacharelado (4 a 6 anos), o Mestrado (cerca de 3 anos) e o Doutorado (cerca de 3 anos).

INVESTIMENTO NA EDUCAÇÃO CHINESA


educação

A China estabeleceu como uma de suas prioridades de investimentos a educação. Houve melhorias, tanto nas infraestruturas quanto na ampliação do corpo docente no país inteiro. Além disso, uma das metas é a modernização da educação, trazendo cada vez mais tecnologias para a sala de aula e para os alunos. O financiamento estudantil também é muito forte na China; se o aluno não possui situação financeira adequada para pagar a universidade, o governo chinês disponibiliza várias opções de bolsas e planos de financiamento.
E aí, você já conhecia o sistema educacional chinês? Ficou admirado com ele ser referência mundial? Divida sua opinião conosco nos comentários!
Vai para a China? Então conte com a ajuda da China Vistos! Entre em contato conosco, garante seu visto com segurança e agilidade e conheça nossos serviços!

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

Por Leonardo Souza Silveira
Fontes: Uma Vida na China; Ideias ao Ponto; Jornal Ciência; Portuguese.People; Universia; Uktech

Tempo de Dedicação ao estudo
Primeiro lugar no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) 2012, a província de Xangai, na China, tem um exigente sistema de ensino que cria vantagens e deficiências na formação dos seus estudantes. Cálculo e memorização do conteúdo são as prioridades no ensino, deixando de lado a criatividade e a capacidade de análise e de expressão. Além de passar a manhã e a tarde na escola, os alunos da China estudam em casa quase três vezes mais que a média mundial. A maioria gasta em média 13,8 horas diárias fazendo lição de casa, segundo o governo chinês. A média mundial é de 4,9 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog